O ensino religioso como um mecanismo de combate á intolerância religiosa no Brasil

Autores

  • Cláudio Augusto Adão

DOI:

https://doi.org/10.56238/cpahjournalv5n2-004

Resumo

Este artigo tem como proposta apresentar de forma sucinta uma resposta às seguintes perguntas: o ensino religioso pode ser útil como mecanismo de combate à intolerância religiosa? Seria capaz de modelar o ambiente escolar como se encontra hoje de forma favorável nessa batalha? Os rastros que a intolerância religiosa têm deixado no Brasil são avassaladores diante do aumento da diversidade cultural que se vê, assim sendo fica cada dia mais difícil aceitar a religião do próximo, com isso percebe-se comportamentos como o desrespeito, a discriminação e outros tipos de exclusão. Como disciplina o ensino religioso pretende trabalhar no ambiente escolar alguns conceitos de modo a conhecer e a compreender e respeitar a diversidade religiosa. Neste artigo são analisados alguns dos motivos que colaboram para a intolerância e discriminação religiosa. Além de apontar questões como a falta de conhecimento sobre as leis vigentes que se aplicam ao tema. E por fim destaca a contribuição do ensino religioso nas escolas como disciplina opcional para confrontar o dilema proposto. Este artigo tem como metodologia a pesquisa bibliográfica que apresenta alguns pontos de vista e pensamentos e conclusões de vários autores. Tendo em conta que o ambiente escolar é o melhor lugar para trabalhar e responder as perguntas levantadas como centro deste questionamento, afim de promover uma cultura de paz e respeito, trazendo harmonia entre os alunos, famílias e a sociedade.

Downloads

Publicado

2022-06-29

Como Citar

Adão, C. A. . (2022). O ensino religioso como um mecanismo de combate á intolerância religiosa no Brasil. CPAH Science Journal of Health, 5(2), 293–305. https://doi.org/10.56238/cpahjournalv5n2-004